Marcadores

quinta-feira, 29 de julho de 2010

O terceiro filho!

Tentei colocar no Youtube, mas infelizmente por causa dessa merda de direitos autorais a música vai ter que ser trocada, mas pro povo que sempre tá aqui dando uma olhada, aí vai o stopmotion do Cão na versão original! video

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Série “Os Sete Pecados Capitais” – Luxúria


Esse pecado esta muito ligada à sexualidade, nem poderia deixar de estar, mas o sentido real da palavra é “deixar-se dominar pelas paixões”, e nos dias de hoje o que é mais evidente do que isso? O SEXO, tudo ou a grande maioria do que enxergamos tem conotação sexual, infelizmente o pior é que criamos pessoas que na grande maioria de seu tempo pensam nisso.
Não quero ser hipócrita nem mesmo defender nenhuma bandeira essa não é a minha intenção, mas o fato é que o tema é discutível cada um tem seu ponto de vista, o meu, vocês vão ler nesse post.

Cada dia que assisto Televisão fico cada vez mais indignado com as coisas que aparecem, e que somos “obrigados” a assistir, sabe-se que as emissoras necessitam do tão famoso IBOPE, e o que melhor pra aumentar a audiência do que “MULHER PELADA”? Na verdade mulheres seminuas mostrando a bunda para as câmeras!
Não vou negar que quando era adolescente e meus hormônios estavam à flor da pele me animava assistindo isso, mas conforme a gente cresce alguns pensamentos se alteram se tornam mais racionais do que hormonais.

Falando em adolescência me fez lembrar um grande amigo meu, com certeza a hora que o pessoal mais chegado ler esse post vai saber de quem eu estou falando, claro que não vou colocar nomes até por que o protagonista dessas historias hoje esta casado e sua esposa nem imagina que ele fez a metade das coisas que vou contar e as outras que não vou contar rsrsrsrsrsrsrs.

Na verdade éramos adolescentes tarados, mas como estávamos em um nível inferior aos caras “populares” nunca nos dávamos bem, isso causava certa frustração, mas tinha esse cara que vou chamar de “F” não tava nem ai, na cabeça dele o que ele fazia era satisfatório para seus prazeres, pra deixar claro nós éramos quatro amigos inseparáveis nessa época. Um dia ele não foi à aula e decidimos gazear aula para irmos a casa dele, quando chegamos, ele foi nos atender, “MEU DEUS” os olhos no fundo com olheiras, realmente acabado, depois de algumas conversas ele soltou a frase: “-Gente do céu hoje não fui a aula por que ontem bati meu recorde, foram 17 punhetas”, nós rimos muito chamamos o cara de louco e tal. Mas a perola do “F” foi chegar pra nós e dizer que tinha comido as galinhas (que fique claro que é o “animal”) da avó dele, nossa meu até hoje em dia tiramos uma da cara dele por isso!

Mas voltando ao assunto principal hoje em dia vejo muitas coisas que na minha época não existiam, antigamente menina de 12,13 anos era uma menina mesmo, brincava de boneca, e andava como uma “Maria Mijona”, há um tempo era moda ver concursos na televisão de menininhas imitando o Tchan! Serio gente isso pra mim é o fim! Pior de tudo são os pais que acham isso lindo e influenciam seus filhos (mesmo eles não querendo) a fazer algo assim! Estava procurando um grupo de crianças que faziam isso na TV achando que era um concurso feito pelo “GUGU” e pasmem, descobri que quem foi o criador disso foi o Raul Gil, . . . Você Raul Gil, porra cara!!! Mas é verdade o grupo se chamava Mulekada, e um exemplo do que eu to falando!

O sexo ou a sexualidade esta difundida na maioria das mídias hoje em dia e é difícil fugir disso, você liga a TV tem cenas de sexo, você liga o radio ouve uma musica denegrindo a família e seus valores, você abre uma revista tem um casal seminu num anuncio, daí vem “neguinho”, falando: “-ááá, mas você é careta, pare é legal ver essas mulheres peladas!!!
Eu até concordo em partes, por que existe hora adequada pra isso, imagina você jantando na sua casa com seus pais, seus filhos e seus avôs, daqui a pouco aparece na TV um casal se “atracando” poxa 9 horas da noite veio?!!! É complicado uma cena dessas, mas como no Brasil tudo pode só fica aqui meu post sobre mais um dos Pecados Capitais.

Série “Os Sete Pecados Capitais” – Gula


Esse pecado é bem complicado de falar por que pra mim, comer é uma das maravilhas do mundo.
E pior que pesquisando em alguns sites relacionados descobri que algumas pessoas falam que a gula é um pecado venial, ou seja, ninguém vai se importar muito se você cometer, sorte minha rsrsrsrsrsrs, mas se repararmos a gula talvez seja o pecado que as pessoas menos se importam, lógico que depende da situação, quando era pequeno minha mãe e minha avó viviam me xingando por causa disso.
- O menino não coma tanto é gula;
- Deixe um pouco pros outros;
- Pare de comer assim, você tem que deixar pros outros, isso é gula!
E tem o termo muito escutado por mim na minha infância, “gulodice”.

Dizem que a gula é uma forma de compensar algo que esta faltando em nossas vidas, pior que tem umas teorias bem bizarras sobre isso, achei num site que as mulheres começam a comer mais depois que casam para ficar menos “sexyes”, tem cada coisa por ai, mas uma das características da gula é comer pelo simples fato de comer, não se importando com o tipo de comida muito menos seu gosto. Pra mim e acho que pra maioria o ensinamento de gula foi pregado de forma errada, pois se algo é bom deve ser aproveitado, claro que nem sempre quando comemos estamos pecando, nada a ver, mas temos que ter temperança, uma vez ou outra claro que é bom comer um pouco a mais, mas o problema é sempre fazer isso e de forma descontrolada, ai sim você vai pro inferno, entenderam PRO INFERNO!!!!

Mas me fez lembrar de duas histórias de criança:
Estávamos de férias, nessa época a família inteira ia toda junta, quando digo família isso inclui tios, tias, sobrinhos, sobrinhas, primos e tudo mais, rolava ate cachorro na parada, daí já da pra imaginar uma casa de veraneio abarrotada de gente, sempre da confusão, mas a historia é que não sei qual dos primos que inventou um tal de “macarrão com tempero” que não era nada mais que um miojo sem aquela água e o tempero era colocado depois de escorrer a água, diga se de passagem que aquilo ficava uma bosta, um negócio intragável, horrivelmente forte, mas todos os primos queriam, mas um se destacou, ele encheu tanto o saco da mãe dele, mas encheu tanto, que a minha tia fez dois de uma vez só, eu lembro ate hoje aquele macarrão com aquele tempero verde por cima, na verdade era um pó sobre o macarrão, o moleque foi comendo aquilo no começo tava bom, depois da terceira colherada ele enjoou, nem era de espantar (aquela porra era forte pra cacete!) ele pegou o prato com aquele monte de macarrão e colocou na pia e foi saindo, minha tia viu aquilo de longe e já gritou:

“-O que você pensa que esta fazendo?”
Ele sem se tocar que tava fudido, disse bem de boas: “-Não quero mais!”
Minha tia já levantou com a cara de “eu te afogo seu merda” e foi pro lado do moleque pegou o prato colocou na mesa e disse: “-Você vai comer tudo” (com o tom de voz muito ameaçador)
Meu primo mesmo sabendo que ia se foder disse: “- Eu não vou comer, não quero mais”
Minha tia já possessa pegou um chinelão Havaianas e já foi pra cima do moleque, depois de levar uma surra bem dada teve que comer todo o prato com aquela coisa verde sem contar que depois disso teve que ficar de castigo.

Outra história muito boa é das minhas primas que desde que me conheço por gente elas não eram “flor que se cheire”, mas pra maioria das pessoas eram uns amores, mas nessa historia elas se foderam valendo, o fato é que elas tinham tomado café e alguns minutos depois minha tia recebeu uma visita e como é de costume ela ofereceu café, as visitas se sentaram à mesa e conversa vai conversa vem, minha primas não satisfeitas de terem acabado de comer começaram a atazanar minha tia: “-Mãe quero comer, mãe quero comer, mãe quero comer! Minha tia passando um “carão” disse que tinham acabado de comer e com um sorriso amarelo mandou elas irem brincar, mas elas persistiam minha tia perdeu a calma, e desceu o verbo nas meninas aguardou as visitas irem embora, chamou as duas que já até tinham esquecido do que tinham feito, colocou dois paes de casa (sabe daqueles grandões!) é fez as duas comerem inteiros! (acho que é por isso que elas são gordinhas!!! Rsrsrsrs :D

Mas o interessante é saber moderar com a comida, fazer dieta (se necessário) saber dividir e saber deixar um pouco pros outros, mas caso tudo isso não der certo tem uma passagem da bíblia muito boa pra casos como esses:

Provérbios 23:2 proclama: “mete uma faca à tua garganta, se és homem glutão”

Boa né!!!! :D

quinta-feira, 22 de julho de 2010

sábado, 10 de julho de 2010

“René Descartes” o cara!


Esse post foi uma sugestão do meu camarada Stevan, ele sugeriu e eu achei interessante falar sobre “René Descartes”, ááááá René. . .

"Penso, logo existo." Essa frase é usada por muitos, e digo que algumas pessoas acham que pensam e suas existências são meramente de coadjuvantes nesse mundo, não pelo fato de não serem pessoas importantes ou badaladas, mas sim por não fazerem nada de importante nem pra si mesmo!

"Daria tudo que sei, pela metade do que ignoro." Já discordo dele nessa frase, se ignoro é por que disso tudo 25% já provei e não me interessa 25% disso todo mundo ignora e não seria eu que iria contra a massa, e os 50% restantes nem sei que existe então não posso ignorar só não conheço!

Cara essa é ótima "Não ser útil a ninguém equivale a não valer nada." Tem um monte de gente que não sabe disso, mas vale a pena refletir!

Eu poderia ficar algum tempo aqui falando das celebres frases do “Renezão”, mas o cara era foda, era o típico “piá de prédio” o pai dele era um fodão do parlamento britânico, aí a gente já saca toda a história, filho de pai rico, doentinho. O cara não precisava trabalhar com os braços, e naquela época (1500 e lá vai chumbada) isso já era uma boa!

Estudou numa escola renomada lá na terra dele (Colégio jesuíta de Le Fleche, não precisa nem falar que é francês né!) e lá os caras enchiam tanto o saco dele que ele saiu meio “revoltadão” (jovem rebelde, cheio de dúvidas e ideologias) O cara se formou em direito (coitado) sem ter muita expectativa e ainda imaginando que o mundo teria muita coisa pra apresentá-lo, resolveu numa brilhante idéia em se alistar ao exercito (no exercito Renezão?!?!? Logo no exercito meu véio?!?!?) detalhe no alistamento, o cara era francês e se alistou no exercito da Holanda (não fiz uma pesquisa tão profunda assim, mas não sei se ele tinha alguma ligação com a Holanda, caso alguém saiba favor colocar nos comentários), mas o Renezão já de cara foi lutar contra os espanhóis, depois de alguns anos teve uma “visão” (sei lá o que ele tinha fumado pra tê-la), mas o cara resolveu sair pelo mundo e nessa época ele já tinha uma ideologia voltada à filosofia a matemática, física e afins.

Se você não gosta de matemática, física e todas aquelas matérias adjacentes pode por um pouco da culpa nesse cara por que ele foi um dos pais da matemática moderna, é isso mesmo, meus queridos ele é um dos pais! Poderia ser pior, só que o Renezão deu uma “medrada” por causa da inquisição que ocasionou a não publicou uma de suas obras Tratado do Mundo, uma obra de Física, na qual aborda a sua tese sobre o heliocentrismo, lógico que depois o negocio foi publicado, mas o cara tava bem preocupado por que a inquisição já tinha pego o Galileu.

René Descartes foi um cara que revolucionou sua época e provavelmente foi um dos caras que influenciaram Charles Darwin e o resto da “cambada”, se não fosse ele e outros nós estaríamos achando que a terra era o centro do universo (apesar de algumas pessoas acharem que são o centro do universo).

Mas o “foda” na vida dele foi o fim, ele tinha sido convidado pela rainha Christina (Suécia) pra ser professor, mas acho que os caras lá arrancavam o coro dele, por que em literaturas dizem que ele trabalhava a noite (até por volta da meia noite) e no outro dia tava em pé as 5 da madruga, isso não seria tão problemático se na Suécia fizesse por volta de -3º C isso não fez muito bem para o coitado do René, o cara morreu de pneumonia em 1650 (por isso eu digo trabalhar faz mal a saúde, ainda mais num lugar frio!) mas até depois de morto o cara foi “sacaneado”, por que ele era católico e morreu num pais protestante, e foi enterrado num cemitérios de crianças não batizadas tipo se acontecesse isso comigo ficaria muito “puto da vida” (ou morte hihi), mas depois foram bonzinhos com eles, seus conterrâneos repatriaram seus restos de volta a França e deram ate o nome de uma cidade em homenagem a ele (La Haye-Descartes), me fez lembrar de uma das frases dele:

"Quando gastamos tempo demais a viajar, tornamo-nos estrangeiros no nosso próprio país." Mas os conterrâneos dele foram bonzinhos por que trouxeram-no de volta né!

E pra terminar esse post tem uma frase dele que achei o máximo:

"Viver sem filosofar é o que se chama ter os olhos fechados sem nunca os haver tentado abrir." É na época dele até era fácil, hoje se você falar isso te chamam de vadio, louco, vagabundo e o escambau, gostaria eu de ficar o dia todo só pensando na vida e em seus paradigmas. . . . . . áááááááááá prefiro ficar jogando videogame, assistindo TV, tomando coca, falando mal da vida alheia e postando minhas histórias!

Fonte: www.minhacabeca.com.sefodam (brincadeira, a fonte é biblioteca Library of Congress)